Profissionais de arquitetura: Programas mais exigidos!

Sem categoria

Toda profissão possui algumas coisas que precisam ser dominadas para que o trabalho seja melhor executado. Com a arquitetura não é diferente. Para fazer o desenvolvimento correto dos projetos, o arquiteto deve utilizar programas e apps que façam parte desse processo e também o de criação. Confira agora os 10 programas mais exigidos para profissionais de arquitetura.

1. Revit

É considerado o substituto do AutoCad por vários profissionais. Além de ser mais rápido para elaborar projetos, o Revit possui todos os elementos em um só lugar. Além disso, a precisão dos modelos paramétricos 3D possui uma forma tão realista que impressiona muitos profissionais. As ferramentas de renderização também são capazes de facilitar todo o processo de design.

E caso você queira usar os modelos 2D ou 3D, ambos são sincronizados no software e não há uma distinção entre eles. E uma alteração em um local pode levar à modificação em todos os desenhos relacionados. Isso otimiza o seu tempo e o seu trabalho, uma vez que a integração permite isso.

2. AutoCAD

O AutoCad trata-se de um software da empresa AutoDesk criado para a área de engenharia industrial, especialmente o desenvolvimento de peças mecânicas. Porém, a sua facilidade de representar os desenhos arquitetônicos fez com que outros profissionais de outras áreas utilizassem o AutoCad.

É o programa mais difundido e antigo, sendo ainda considerado obrigatório por alguns estabelecimentos para desenvolver os projetos. Oferece ainda alguns recursos como desenho 3D, modelagem e também a criação de maquete eletrônica.

3. SimLab

É um software no qual você importa o 3D e pode inserir imagens na tela. Outros recursos disponíveis podem ser a definição do tipo de luz, podendo ser interna, externa ou noturna. E você também pode iniciar a renderização. É um dos mais fáceis de usar, é leve no computador e ainda oferece muitos recursos. Uma ótima ferramenta para otimizar ainda mais os projetos dos profissionais de arquitetura.

4. Shapespark

Este é um sistema um pouco diferente dos anteriores. O Shapespark permite que você possa mostrar aos seus chefes ou aos seus clientes passeios virtuais foto-realistas. Além desta inovação, seu grande diferencial está no fato de ser facilmente manipulado por quem desenvolve o projeto e também a rapidez da navegação.

Podemos ainda observar que há a possibilidade de ter uma melhor visualização com uma iluminação mais precisa e em tempo real. Isso tudo sem falar que o Shapespark pode ser integrado com as ferramentas de modelagem 3D.

5. Unreal

Trata-se de um software que dá uma visualização mais realista ao seu projeto. Seja para apresentar o projeto final ou como será o resultado após o trabalho arquitetônico, sem dúvidas o Unreal está ganhando espaço nas apresentações.

É possível criar uma imagem quase real do que vai ser o seu projeto. Inclusive, em alguns casos, pode ser confundido com uma imagem de fotografia de tão real que pode ser. Tudo isso traz mais valor ao seu projeto, seja diante do cliente ou da sua empresa.

6. SketchUp

Assim como o AutoCad, se trata de um programa para realizar modelagem 3D. Possui fácil manipulação, inclusive, seus comandos podem criar modificações de uma maneira muito simples e prática. E à medida que a modelagem do SketchUp é renderizada, as imagens se tornam muito mais reais.

7. Lumion 3D

Trata-se de um software no qual a modelagem ocorre em formato .fbx de outros programas, mas não é um sistema de modelagem. É muito usado para dar outras características e recursos ao projeto. Você pode texturizar, inserir objetos, luminar, colocar recursos como vegetação e mobiliário assim como gerar imagens e vídeos.

E por falar em vídeos, esse recurso ganha vantagem por ser mais rápido de ser criado, em comparação com outros softwares. Mas um ponto que merece atenção é ao fato que a importação de blocos de fora pode ser mais difícil. E, mesmo se for feito, pode não ter o mesmo resultado realista que os outros itens. Um excelente escolha para os profissionais de arquitetura!

8. Photoshop

Esse software deve ter te causado alguma surpresa. Mas o Photoshop, conhecido por fazer edição de imagens, pode também estar presente no dia a dia dos arquitetos. Você pode usar esse recurso na pós-produção da imagem. Assim é possível corrigir luzes, saturação, cores e inserir filtros. No final, a qualidade vai te surpreender.

9. Promob

O Promob serve para criar móveis e planejados, permitindo compreender a relação desses elementos no ambiente. Além disso, possibilita incluir dados como quantidade e tamanho das placas de material que vão ser utilizadas no projeto. Porém, um ponto que vale a pena ser observado é que não gera uma imagem fotorrealista. Mas, ainda assim, pode exportar uma imagem com melhor qualidade de outro programa.

10. Illustrator

Com o Illustrator é possível criar e editar imagens. Seu papel no mundo da arquitetura pode ser na construção de plantas mais realistas e humanizadas, assim como layouts e folders.

Após todas essas dicas, podemos observar dois pontos essenciais na carreira dos profissionais de arquitetura. O primeiro é que um profissional deve ter conhecimento e prática aprofundada em algum programa de manipulação de imagem. Isso, em conjunto com outros sistemas, pode agregar ainda mais valor ao seu trabalho e melhorar o seu resultado.

O segundo ponto tem a ver com o investimento em utilizar sistemas de realidade virtual. Mais do que uma tendência, estamos falando de uma nova forma de se posicionar no mercado. Os projetos se tornam melhores de serem desenvolvidos, melhorando a comunicação com o cliente. Ou seja, otimização de tempo e menos erros a serem corrigidos.

Não tem experiência com nenhum programa? Comece praticando em trabalhos da faculdade, mesmo que não tenha a necessidade. Quanto maior é a sua experiência e prática nesses sistemas, maiores são as chances de você ter mais sucesso em projetos maiores.

Alguns softwares possuem a versão gratuita, seja com menos recursos ou para teste, mas a maioria das vezes é pago. Então invista um pouco para ter muitos resultados na sua carreira. E, sabendo como é o mercado agora, fica mais fácil de você se preparar e obter mais resultados.

Gostou do artigo? Aproveite e leia também: Tendências da arquitetura que estão em alta em 2019!

Post anterior
Decoração de Escritórios: ideias para você inovar!
Próximo post
Guia de Decoração de Escritório com Estilo Moderno

Posts Relacionados

Nenhum resultado encontrado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu
WhatsApp chat